Negócios + Varejo de Moda + Visual Merchandising | Pitti Uomo leva sua famosa feira de negócios para dentro da Rinascente

Quase um ano de pandemia e na moda já conseguimos ver movimentos de colaboração entre marcas e empresas como forma de se adaptar às restrições atuais. As semanas de moda e feiras foram os eventos mais impactados com essas restrições, já que os desfiles precisaram se adaptar ao formato online (tanto que algumas marcas acabaram pulando temporadas para ter mais tempo de se adaptar) e algumas feiras foram canceladas.

Nesses momentos é muito legal ver a criação de parcerias e a solução de problemas acontecendo de formas tão criativas.  Foi o que aconteceu com a edição de 2021 da Pitti Uomo, feira de moda masculina italiana e a principal feira de moda masculina do Mundo (sds fotos de street style durante a feira).

Além da adaptação da feira para o online na edição que acontece de 12 de Janeiro a 5 de Abril de 2021, a Rinascente virou principal parceira e veiculo físico da feira. Como o varejo segue funcionando, a parceria entre a feira e loja garante que as marcas participantes da feira tenham uma presença física em um espaço de moda, mesmo que não seja na feira.





A loja de Florença, onde acontece a feira, foi literalmente vestida de Pitti Uomo começando pelas vitrines com looks das marcas e outras divulgando a feira.







A Rinascente recebeu as vitrines e corners de marca para expor os produtos, mas também ganhou um andar dedicado a uma exposição de fotos assinadas por Aldo Fallai com personalidades da cidade, que nasceram em Firenze ou que mantém um laço com a cidade, na moda masculina.



Na comunicação visual no interior da loja, as mesmas linhas usadas nas vitrines também estão nos pontos focais da loja e nas paredes e colunas. Uma forma simples e prática de sinalizar o espaço da Pitti Uomo na loja.




















 









Red Valentino e Vacades

12:49

 No ano passado em meio a pandemia o perfil @vacades no instagram ganhou notoriedade por publicar vídeos de lugares que normalmente estão lotados como vagões de metrô, no Museo del Prado em Madrid e na Galleria Vittorio Emanuele em Milão, onde estando vazios a natureza tomava conta e só era possível ver borboletas e flores. O dono do perfil é o artista alemão Timo Helgert e o projeto pessoal foi chamado de The return of nature. 




Para a campanha de Pré coleção de Primavera/Verão 2021, a RED Valentino (marca mais jovem de Valentino Garavani) convidou Timo Helgert para ambientar os vídeos e fotos da campanha com os mesmos elementos naturais usados no instagram e o resultado é a cara da marca.








Timo é especialista em design 3D, realidade aumentada e instalações virtuais e já trabalhou em parceria com a Zara, a Puma e no Mercedes Benz Fashion Week Russia.



Cross merchandising no supermercado


A gente costuma falar muito de moda e esquece que o Visual Merchandising está em diversos segmentos. Eu sempre gosto de explicar conceitos de VM de forma mais simples possível, então quando eu preciso falar sobre Cross merchandising eu dou o exemplo clássico do molho de tomate e o macarrão.
Pela lógica de corredores, eles não ficam no mesmo lugar. Mas os mercados começaram a estudar melhor a jornada do consumidor e entenderem que a maioria das compras seguem um racional baseado nas receitas que pensa em fazer em casa. Então nada melhor do que ao lado do macarrão, também expor um pequeno alinhamento de molho de tomate e um display de queijo ralado.



Dia desses entrei no mercado e dei de cara com uma nova marca de café exposta no meio das caixinhas de leite.  Esse cross me chamou atenção porque facilitou muito a divulgação da entrada da marca nessa rede de supermercados e tirou ela do lugar mais óbvio, que seria uma ponta de gôndola.




Outra exposição que e chamou atenção pesquisando comunicação visual de super mercados, foi essa ponta de gondola de gaspacho orgânico. Além da sopa de tomate eles fizeram um ponto focal fazendo o cruzamento com o vaso de tempero que super combina com a comunicação escrita a mão. Tudo coordena perfeitamente!




Em tempos de pandemia o cross merchandising além de cumprir seu papel de venda adicional, ainda ajuda a não esquecermos de algum item essencial e também nos tira a obrigação de passar por muitos corredores (e o mercado não perde venda, né?).



O figurino da minissérie francesa Lupin

15:23

Nas pesquisas por imagens de street style ou andando pelas cidades, sempre me chamou muito mais atenção a forma como os homens franceses e os italianos se vestem. Muito mais do que as imagens das mulheres francesas e italianas, que tentam mostrar certa displicência no vestir, a moda masculina nesses dois países é super criteriosa.

As modelagens de alfaiataria são mais ajustadas, assim como a barra das calças mais curtas de forma que o sapato fique em evidencia. Na semana que iniciam os desfiles da semana de moda masculina de Milão, resolvi falar sobre o figurino da minissérie francesa Lupin.



Nesse final de semana a primeira parte da minissérie estreou na Netflix e eu fui pega em cheio pelos looks do protagonista Assane Diop, interpretado por Omar Sy. Do terno elegantíssimo, aos pequenos toques de cor nas peças do dia a dia ou nos vários disfarces de Assane, todos os looks são bem pensados.

Acessórios

Na noite do leilão, o terno impecável foi completado com um relógio. O uso de toucas e boinas também é outro ponto de destaque nos looks casuais. 





Peça - chave

O casaco de lã batida preto com essa maxi gola linda é o ponto alto de vários looks. Também é a prova de que uma peça coringa, já que no figurino ele é usado com camisa social e com jaquetas esportivas.


Jaquetas esportivas

O ponto alto das produções casuais foi a escolha das cores mais vibrantes do que o restante das peças, que complementaram super bem os sneakers coloridos.









Consultoria - Pesquisa de Tendências e Conteúdo de Moda

19:30

 











Consultoria - Produção Executiva e Marketing

19:05

 












Consultoria - Visual Merchandising

12:13

 


















 
Copyright © Lab Conteúdo . Designed by OddThemes